segunda-feira, 15 de julho de 2013

Cabelos


10 perguntas e respostas sobre coloração



Oi pessoal, tudo bom?

Desvendamos os principais dramas das mulheres quando o assunto é colorir. Misturar técnicas, escolher o melhor produto, ressecamento e luzes marcadas não serão mais problema


Mudar a cor de cabelo não costuma ser uma decisão fácil. Sempre surge a maior das dúvidas: "E se não der certo?". Para te manter tranquila, reunimos aqui as 10 dúvidas mais frequentes sobre coloração. Agora você já sabe o que deve pedir ao cabeleireiro - ou como fazer a cor em casa.




1. "Hena, tonalizante ou tintura?"

A tintura permanente é que vai ajudá-la a promover mudanças mais radicais ou clarear o cabelo - só ela abre as cutículas para depositar pigmentos. Já os dois primeiros apenas realçam a cor e duram cerca de 15 dias.

2. "Passei um tom escuro e, em uma semana, a tintura já desbotou"
Se os pigmentos de cor escapam dos fios com tanta facilidade, é porque eles estão porosos e ressecados. Primeiro, deixe a coloração permanente de lado: ela abre mais as escamas. Fique com os tonalizantes. Depois, capriche na rotina de hidratações semanais

3. "Faço alisamento, mas também quero ficar loira. Posso?"

Melhor escolher entre um dos dois. Alguns componentes químicos da tintura não são compatíveis com os utilizados em alisamentos, como o tioglicolato de amônia e o hidróxido de cálcio. Os fios podem não aguentar.

4. "A cor não ficou como eu esperava"
Nesse caso, o ideal é não tentar consertar em casa - deixe de ser orgulhosa e peça ajuda ao cabeleireiro. Se o loiro ficou amarelado, ele pode fazer mechas mais claras para neutralizar. Se o cabelo ficou avermelhado, uma alternativa é lavar com antirresíduos toda semana para remover os pigmentos mais rápido.

5. "Devo pintar as sobrancelhas também?"
Depende. Se o contraste é muito forte e você quer parecer que nasceu com essa cor de cabelo, melhor tingir. Faça no salão, onde existem tinturas específicas para a pele sensível do rosto, já que as de cabelo podem deixá-la irritada. Mas, em outros casos, ter uma cor diferente nas sobrancelhas pode até criar um efeito interessante e moderno. Você decide!

6. "Depois da tintura, meu cabelo ficou todo espigado"
Ao abrir as escamas dos fios, as tinturas podem, sim, causar danos irreversíveis. É por isso que tingir requer o compromisso de incrementar os cuidados com o seu cabelo. O primeiro passo é fazer uma reconstrução capilar profissional, com uma dose generosa de queratina. Em casa, kit salva-vidas: xampu hidratante, condicionador e finalizadores com ceramidas e silicones.

7. "Depois das luzes, meu cabelo ficou listrado"
Esse efeito é resultado de mechas feitas de um jeito muito uniforme: todas da mesma espessura e na mesma altura. No salão, o cabeleireiro pode avaliar se os seus fios suportam uma nova leva de descolorante. Se sim, ele pode fazer mechas novas, mais altas, baixas, finas ou largas. Mas, se ele considerar arriscado, a solução será aplicar uma tintura de um tom escuro que, diferente de um tonalizante, vai resolver o problema.

8. "Depois das luzes, meu cabelo ficou listrado"
Esse efeito é resultado de mechas feitas de um jeito muito uniforme: todas da mesma espessura e na mesma altura. No salão, o cabeleireiro pode avaliar se os seus fios suportam uma nova leva de descolorante. Se sim, ele pode fazer mechas novas, mais altas, baixas, finas ou largas. Mas, se ele considerar arriscado, a solução será aplicar uma tintura de um tom escuro que, diferente de um tonalizante, vai resolver o problema.

9. "É verdade que antes de tingir é melhor não lavar o cabelo?"

Sim, mas não precisa passar a semana toda sem lavar a cabeça! A oleosidade natural do couro cabeludo protege a área que vai receber a química. Mas, em excesso, ela pode até dificultar a fixação dos pigmentos da tintura.

10. "A tintura deixou minha testa e o meu rosto supermanchados!"
Pode parecer bizarro, mas um truque que funciona é passar um algodão embebido em adoçante líquido sobre as manchas. Se não tiver um em mãos, tente um demaquilante cremoso. Para que não aconteça da próxima vez, passe creme hidratante à base de vaselina, ou mesmo gel de cabelo, próximo às raízes.





Post M de Mulher.






Nenhum comentário:

Postar um comentário

.> >